25 jul SMAM

27ª Semana Mundial de Aleitamento Materno #SMAM2018


Semana Mundial de Aleitamento Materno 2018 – de 1 a 7 de agosto.

SEMANA MUNDIAL DE ALEITAMENTO MATERNO 2018 (2)

wbw-logo_Portuguese_Brazil

O lema da Semana Mundial de Amamentação de 2018 é Amamentação: alicerce da vida. A amamentação adequada ajuda a prevenir todas as formas de desnutrição e tem efeitos positivos para crianças e mães, durante toda a sua vida. A amamentação é uma intervenção ambiental inteligente que contribui à segurança alimentar, mesmo em tempos de crise. Proteger, promover e apoiar a amamentação é crucial para a saúde do nosso planeta e para a população. Além de ser o pilar do desenvolvimento da saúde das crianças, a amamentação é também o alicerce do desenvolvimento de um país. É um grande equalizador social que ajuda a romper o ciclo da pobreza.

Para que a amamentação possa triunfar é necessário trabalhar em equipe. Ao reunir diferentes partes interessadas dos setores de saúde, comunidade e local de trabalho e incluindo autoridades locais, podemos criar uma cadeia de apoio calorosa para as mães que amamentam. Mensagens consistentes e sistemas de encaminhamento apropriados em toda a cadeia de atendimento garantirão que a díade mãe-bebê se beneficie do apoio contínuo e da assistência qualificada. A WABA coordena um projeto em Penang, na Malásia, para criar uma comunidade amiga da amamentação, com o objetivo final de integrar uma atitude favorável à amamentação em iniciativas voltadas para cidades saudáveis e desenvolvimento sustentável.

Você pode criar uma cadeia calorosa de apoio à amamentação onde quer que esteja. Você tem um exemplo de uma cadeia de apoio em sua comunidade? Compartilhe suas experiências e juntos podemos lançar as bases para um futuro mais saudável, mais próspero e sustentável.

ATIVIDADES

Seja onde estiver, você também pode informar, ancorar, envolver e galvanizar a ação para a amamentação como o alicerce da vida. Eis algumas atividades que você pode considerar.
INFORMAR
• Suscitar a consciência sobre os riscos e desvantagens da alimentação artificial, especialmente nas populações vulneráveis.
• Informar sobre os efeitos duradouros da amamentação ideal.
• Promover a amamentação como forma de reduzir a pegada de carbono.
• Ter conversas sobre o custo de não amamentar para as famílias e o país.
ANCORAR
• Incluir a proteção, promoção e apoio ao aleitamento materno exclusivo em programas de combate ao sobrepeso e à obesidade.
• Convencer os ministérios, por exemplo o Ministério da Agricultura, que a segurança alimentar começa com a garantia da amamentação ideal.
• Integrar a amamentação nos currículos de graduação e pós-graduação para todas as profissões relevantes.
• Integrar a amamentação em programas que abordam a saúde e o desenvolvimento da mãe, do recém-nascido, da
criança, do adolescente.
• Assegurar que a Diretriz Operacional das Nações Unidas de 2017 sobre a Gestão da Alimentação de Bebês e
Crianças Pequenas em Emergências seja aplicada em todas as intervenções de ajuda de emergência.
ENVOLVER
• Engajar organizações que trabalham com nutrição, fome, segurança alimentar, ajuda alimentar, meio ambiente, mudanças climáticas e redução da pobreza.
• Fazer participar os jovens na elaboração de abordagens inovadoras para promover mudanças.
• Fazer compartilhar os homens e outros membros da família nos cuidados e responsabilidades domésticas.
• Desenvolver a capacidade de equipes multidisciplinares de profissionais e trabalhadores leigos em amamentação,
afim de criar uma cadeia calorosa de apoio às mães.
GALVANIZAR
• Promover a implementação da Iniciativa Hospitais Amigos da Criança e de programas comunitários que aconselham e apoiam as mães que amamentam.
• Exigir políticas de maternidade e proteção parental baseadas na Convenção de Proteção à Maternidade da OIT como um padrão mínimo.
• Implementar e monitorar o Código Internacional de Comercialização de Substitutos do Leite Materno inteiro e as resoluções pertinentes da Assembleia Mundial da Saúde.
• Monitorar o impacto ambiental da produção, distribuição e consumo das fórmulas infantis.
• Defender um maior investimento em programas de amamentação, a todos os níveis.

Deixe seu comentário