Fonoaudiologia


A fonoaudiologia traz benefícios ao desenvolvimento infantil porque engloba o desenvolvimento (motor, oral, cognitivo e linguístico) normal e patológico da criança, que são noções importantes para a estimulação correta em cada idade. A Casa Curumim oferece atendimento especializado em bebês orientando mães e pais para que o bebê consiga ser amamentado com leite materno exclusivamente até os seis meses.

Profissionais

Fernanda Rodrigues Cacciari

Graduada em Fonoaudiologia pela PUC/SP em 1994, tem no curriculum diversos cursos ligados à área da Saúde Materno Infantil, dentre os quais destacam-se: Formação em Fonoaudiologia nas Unidades de Terapia Intensiva Neonatais ministrado pela Fga. Dra. Cláudia Xavier em 1994; Curso de extensão em Motricidade Oral – Enfoque Hospitalar pelo CEFAC em 1998/1999; III Curso Teórico e Prático em Fonoaudiologia Hospitalar – UTI Infantil, Pediatria e Neonatologia pelo Hospital da Criança / Hospital Nossa Senhora de Lourdes (Grupo HNSL) em 2000/2001; Clínica com Bebês: Abordagem Interdisciplinar promovido pelo Lugar de Vida/Laboratório de Estudos e Pesquisas Psicanalíticas e Educacionais sobre a Infância; Cuidados Voltados para Desenvolvimento do Neonato e Da Sonda ao Seio, ambos ministrados pelo Dr. Ricardo Nunes (RJ); Capacitação em Aleitamento Materno – IHAC, pelo Instituto de Saúde de São Paulo, ministrado pela Dra. Tereza Toma.

Juliana Passos

Mestre em Fonoaudiologia pela PUC-SP em 2005, dissertou sobre a análise dos aspectos anatomofisiológicos tanto quanto dos expressivos da respiração. Trabalha com comunicação desde 1998. Especialista em voz, trabalhou em escolas de Teatro, ministrando a disciplina de expressão vocal por 16 anos. Com estudo complementar nas Artes Cênicas, Canto, Yoga, Psicologia e Pedagogia atua no contexto individual e em grupos, em práticas clínico-terapêuticas, aulas e assessoria. Na clínica, desde o ano 2000, atende casos de linguagem- fala, leitura, escrita e aspectos relacionados ao desenvolvimento da motricidade orofacial. Para isto, tem aperfeiçoamentos em instituições como COGEAE, em voz, CEFAC, em linguagem, CEV em motricidade oral, para citar algumas referências de formação. A atuação fonoaudiológica dialoga com áreas da Medicina, mais frequentemente, com a Neurologia, a Psiquiatria, a Otorrinolaringologia, a Geriatria, a Foniatria e a Pediatria, assim como com a Psicologia, a Fisioterapia, a Terapia Ocupacional e Professores, o que estabelece uma proposta de trabalho que acontece integrado à equipe multidisciplinar, sendo efetiva neste lugar de intermediação. Atualmente em formação pela Sociedade Brasileira de Eutonia.

Maria Teresa Cera Sanches

Fonoaudióloga clínica e hospitalar formada pela PUC-Campinas (1987), tem mestrado em Saúde Materno-Infantil (2000) e doutorado em Epidemiologia (2005) ambos com tema de aleitamento materno, pela FSP–USP. Na Saúde Pública, atuou por 15 anos em maternidades públicas (alojamento conjunto, UTI-Neonatal, Banco de Leite Humano) credenciadas com o título “Amigo da Criança”-MS/OPAS/UNICEF. Atualmente é pesquisadora do Instituto de Saúde, da SES/ SP e capacitadora oficial para cursos em “Aconselhamento”, “Manejo da Amamentação” e “Método Canguru”, do qual é consultora do Ministério da Saúde, até os dias de hoje. Faz parte da Sociedade Brasileira de Fonoaudiologia. Música, dança, cinema e teatro estão entre suas atividades de lazer favoritas, além de caminhadas e viagens para contato com a natureza.