Obstetriz


Um (a) obstetriz, normalmente conhecida por parteira, representa um importante recurso para prover cuidados de saúde a gestantes, parturientes, puérperas, recém-nascidos e familiares, no sentido de promover e preservar a normalidade do processo de nascimento, atendendo às necessidades físicas, emocionais e socioculturais das mulheres. A obstetriz é uma profissional graduada no acompanhamento de gestações, partos e pós-parto de risco habitual ou baixo risco, de forma autônoma ou vinculada a equipe multiprofissional ou instituições de saúde e encaminhamento dos partos/gestações de alto risco para centros especializados, além de poder trabalhar na gerência e coordenação, ensino e pesquisa.

Natalia Rea Monteiro

Depois do parto e nascimento da sua filha Helena em 2005, se tornou doula e passou a dirigir filmes com a temática do parto humanizado e amamentação (“Amamentação à luz da primeira hora”, “Amamentação: as muitas formas de apoio à mulher”, “IHAC- Os dez passos que fazem a diferença”, entre outros). Em 2008 ingressou na Faculdade de Obstetrícia da USP, estagiou no Centro de Parto Normal do Hospital Maternidade Leonor Mendes de Barros. Formada obstetriz em 2012, atua acompanhando pré-natal, pós-parto e partos, tanto hospitalares e quanto domiciliares. Ativista da REHUNA (Rede de Humanização do Parto e Nascimento) e da IBFAN (Rede Internacional pelo Direito de Amamentar), valoriza a atualização através de pesquisas e participação nos congressos.

 
 

Priscila Raspantini

Formada em Obstetrícia pela Escola de Artes, Ciências e Humanidades da Universidade de São Paulo (EACH-USP) em 2009, Priscila concluiu o mestrado e atualmente cursa o doutorado pela Faculdade de Saúde Pública da USP. Sonhava em trabalhar com “partos humanizados” desde a faculdade, mas foi depois de parir Laura em sua casa que o sonho tornou-se um objetivo. Ao final da licença maternidade, dedicou-se a essa atuação e passou a ajudar outras mulheres nesse processo, oferecendo o mesmo cuidado que recebeu. Atualmente, integra a diretoria da ONG Coletivo Feminista Sexualidade e Saúde, atua na assistência à gestação, parto e puerpério no grupo Parteiras La Mare e no ambulatório do Coletivo Feminista. Desde abril de 2015, integra o quadro de sócios da Casa Moara, trabalhando em atendimentos de partos hospitalares e domiciliares em parceria com os profissionais da Casa.