Babá ou escola? Compartilhando cuidados na volta ao trabalho.


specialized-school-for-children-with-learning-difficulties

“É preciso uma aldeia inteira para educar uma criança”, diz o provérbio africano. E quando não temos aldeias? Como buscar ajuda quando vivemos em grandes cidades e, seja por necessidades financeiras, emocionais ou profissionais, precisamos voltar ao trabalho?

• Babá ou escola?
• Existem outras opções?

Nesta oficina, vamos compartilhar informações e ampliar reflexões para que cada família encontre suas respostas.

PROGRAMA:

- O momento da volta ao trabalho, existem opções?

- Terceirizar cuidados X buscar apoio e compartilhar cuidados.

- Rotina X ritmo.

- Opções para o fim da licença maternidade/paternidade: outros cuidadores, babá, berçário/creche, escola de educação infantil, espaços de livre brincar, ações cooperativas e creches parentais.

- O que limita cada escolha.

- O que vai além da metodologia.

Mediadora:

Maíra Scombatti é psicopedagoga, consultora educacional e terapeuta de crianças, adolescentes e famílias. É autora do livro “Conversas de Gente Grande – histórias infantis para adultos” (Ed. ComArte/USP). Também atua como colaboradora no HDI do  Instituto de Psiquiatria do Hospital das Clínicas (FMUSP), onde empreende oficinas teatrais para crianças e adolescentes em tratamento.

Quando: 14/03, das 14h às 16h

Investimento:

R$ 95,00 individual e R$ 160 casal – até 05/03 (20% desc)

R$ 105,00 individual e R$ 180 casal – até 09/03 (10% desc)

R$ 120,00 individual e R$ 200 casal – de 08/03 a 14/03

Vagas: min 7 e máx 15

Inscrições (email ou telefone): oficinareflexiva@gmail.com / whatsapp: 11 99887-6400