26 set Aleitamento Materno

Uma homenagem à amamentação!


Por Patrícia Boudakian

O título vem da mitologia grega. “Amalthée” remete para a infância de Zeus e é frequentemente representada pela cabra que amamentou Zeus. Nesta série, Georges Pacheco retratou mães com diferentes personalidades e posturas a dar de mamar aos seus filhos. É uma forma do fotógrafo luso-francês prestar homenagem a este “ato universal” num quadro repleto de referências da pintura renascentista italiana e holandesa. Por outro lado, pisca o olho à sensualidade, prática, ressalva Georges na descrição do projecto, “comum na maioria das pinturas religiosas desde a Idade Média”. Ela é a virgem, Madonna, um ícone, um tema recorrente, que o artista explora para questionar “o processo de representação e encarnação de tamanho arquétipo em mães reais dos dias de hoje”. “Um dos objetivos deste trabalho é demonstrar a universalidade deste gesto ao transmitir uma sensação de eternidade: deixando para trás qualquer rasto dos dias contemporâneos, libertando cada mãe de tudo que pode denunciar um tempo ou um espaço, eu foco-me na relação entre mãe e filho, bem como na beleza e emoção que emana deste momento de amamentação.” Este trabalho está em exposição em Braga, Portugal, no âmbito dos Encontros da Imagem, cujo tema este ano é o amor e a família.

01amalthee 03amalthee 04amalthee 05amalthee 06amalthee 07amalthee 08amalthee 09amalthee 10amalthee 11amalthee 12amalthee 13amalthee 15amalthee 18amalthee 19amalthee 20amalthee 21amalthee 22amalthee 23amalthee 24amalthee

Publicado originalmente aqui: http://p3.publico.pt/

Deixe seu comentário